Quando se fala em Doutorado muitos imaginam longos anos de estudo até chegar ao sonhado título de Doutor. Mas ao contrário do que muitos pensam, o Mestrado nem sempre é um requisito. É claro que, devido ao alto nível de exigência, o desempenho acadêmico do candidato e outros quesitos do currículo são avaliados.

É verdade que os profissionais com Mestrado têm mais chances de se dar bem no processo seletivo de doutorado, porque estão mais acostumados a produzir conteúdo acadêmico ou já possuem algum artigo publicado. Mas esse é só um dos critérios e depende muito das exigências de cada universidade, da acreditação do curso e até do país.

No Brasil, por exemplo, varia. Existem doutorados que não exigem mestrado, porém o candidato tem que fazer uma prova e apresentar um bom projeto de pesquisa. Já na Argentina, o Mestrado também não é um requisito imprescindível de todas as universidades públicas e privadas. Assim como no Brasil, cada instituição tem suas próprias regras e exigências. Listamos para você nossos programas de Doutorado nesse país que não exigem mestrados como pré-requisito:

Doutorado em Ciências da Saúde Pública – UCES

Doutorado em Educação – UNR

Doutorado em Ciências Jurídicas – UCA

Doutorado em Ciências Empresariais e Sociais – UCES

Doutorado em Psicologia – UCES

Doutorado em Direito – UCES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat